20210628 - Upgrade of php fixed the page rendering issue.

Welcome to the Slackware Documentation Project

Instalando o Slackware usando GPT com uma placa-mãe BIOS

É possível instalar o Slackware em um disco que usa uma tabela de partição GUID (GPT), mesmo em uma máquina que usa BIOS (ex: você não precisa de uma máquina baseada em UEFI). Usar o GPT permite que você instale o Slackware em drives de disco muito grandes (o tamanho máximo teórico do disco é de 2 ZiB). Como sempre, o particionamento deve ser feito antes de iniciar o script de 'setup', no entanto, você deve usar um particionamento compatível com GPT também, por exemplo, gdisk, cgdisk ou parted (todos incluídos no Slackware). As seções principais abaixo explicam como configurar vários gerenciadores de inicialização mais comuns.

LILO

LILO deve ser configurado pelo instalador e funciona. No entanto, algumas pessoas relataram problemas com o liloconfig não detectando partições GPT. Se encontrar este problema, ignore a configuração automática do LILO. Então, depois que a instalação for concluída, insira sua instalação local do Slackware. A partir daqui, personalize /etc/lilo.conf_example e salve-o como /etc/lilo.conf. Você precisará definir o LILO para instalar no MBR de proteção do seu disco primário e adicionar entradas para o kernel escolhido, além de quaisquer outras mudanças que você achar conveniente. Depois de fazer isso, faça o comando 'lilo'.

Embora o LILO funcione bem com qualquer formato de sistema de arquivos compatível com o FIBMAP ioctl (necessário para mapear arquivos para bloquear números), é provável que você tenha problemas quando /boot for localizado no XFS, Btrfs ou Nilfs2. Você pode evitar isso criando uma partição ext2 para /boot ou usar um bootloader diferente.

Grub 2

Se você quiser usar o Grub 2, certifique-se de ter uma 'BIOS boot partition' (partição tipo EF02 no gdisk ou cgdisk). Isso pode estar em qualquer lugar no disco, embora colocá-lo no início pareça sensato. Recomenda-se que seja pelo menos 1 MiB. Pular a secção de bootloader (LILO) durante a instalação. Depois que a instalação for concluída, insira sua instalação local do Slackware. Finalmente, execute o seguinte para realmente instalar o Grub 2 como seu gerenciador de inicialização:

# grub-install --modules=part_gpt /dev/sda
# grub-mkconfig -o /boot/grub/grub.cfg
Isso pressupõe que você está usando o disco /dev/sda, ajuste se este não for o caso.

Extlinux (Syslinux)

A alternativa final é usar Extlinux (parte do pacote Syslinux incluído no Slackware). Também é capaz de inicializar um sistema com GPT e, como o LILO, não precisa de um 'BIOS boot partition'. Para usar o Extlinux, a partição que contém /boot deve ser formatada em ext2, ext3, ext4, ou btrfs.

Antes de iniciar a instalação do Slackware, defina uma das partições como a partição de boot. Por exemplo, presumindo que /boot estava em /dev/sda, você pode emitir o seguinte no prompt do shell da mídia de instalação, após o particionamento estar completo:

# sgdisk /dev/sda --attributes=1:set:2

Você também pode usar o sgdisk para confirmar se foi realmente configurado corretamente:

# sgdisk /dev/sda --attributes=1:show
1:2:1 (legacy BIOS bootable)

Durante a instalação real do Slackware, pule a seção bootloader (LILO). Depois que a instalação for concluída, insira sua instalação local do Slackware. Você pode então instalar Extlinux como seu gerenciador de inicialização da seguinte forma:

# mkdir -p /boot/extlinux
# extlinux --install /boot/extlinux
# cat /usr/share/syslinux/gptmbr.bin > /dev/sda
Todos os itens acima pressupõem que você está usando o disco /dev/sda, ajuste se este não for o caso.

Supondo que você queira um menu de inicialização simples, copie o menu.c32 em /boot/extlinux/ também:

# cp /usr/share/syslinux/menu.c32 /boot/extlinux/

Finalmente, crie um arquivo /boot/extlinux/extlinux.conf com as seguintes linhas:

UI menu.c32
PROMPT 0
MENU TITLE Boot options
TIMEOUT 50
DEFAULT huge

LABEL huge
      MENU LABEL Slackware (Huge) 
      KERNEL /boot/vmlinuz-huge-smp-3.10.17-smp
      APPEND root=/dev/sda1 ro

LABEL generic
      MENU LABEL Slackware (Generic)
      KERNEL /boot/vmlinuz-generic-smp-3.10.17-smp
      APPEND root=/dev/sda1 ro
      INITRD /boot/initrd.gz
Assumindo que o Slackware está instalado na partição /dev/sda1 e você está usando o kernel 3.10.17-smp, ajuste conforme necessário.

Acessando a instalação do Slackware, antes da instalação do bootloader

Em todos os exemplos de instalação do bootloader acima, a instalação final do bootloader é feita a partir de dentro do sistema Slackware instalado. Existem duas maneiras de entrar na instalação do Slackware, antes da instalação do bootloader. Você pode usar chroot ('chroot /mnt') a partir do prompt do shell fornecido pela mídia de instalação, depois de terminar a instalação básica, por exemplo, depois da mensagem “Installation of Slackware Linux is complete”. Alternativamente, o prompt 'boot:' da mídia de instalação do Slackware inclui um texto de ajuda explicando como inicializar o sistema Slackware instalado, ao invés do ambiente de instalação (por exemplo, no prompt de inicialização, digite algo como 'hugesmp.s root=/dev/sda1 rdinit= ro').

O exemplo final assume que o Slackware está instalado na partição /dev/sda1 e você deseja inicializar com o kernel hugesmp.s, ajuste conforme necessário.

Sources


Em outras línguas
Traduções desta página?:
QR Code
QR Code pt-br:howtos:slackware_admin:installing_with_gpt_without_uefi (generated for current page)