Esta tradução é mais antiga que a página original e pode estar desatualizada. Veja o que foi mudado.
pt-br:slackware:philosophy - SlackDocs

Welcome to the Slackware Documentation Project

The Slackware Way

O Projeto Slackware mantêm a filosofia KISS (Keep It Simple Stupid), que em tradução livre para o Português do Brasil seria “Mantenha Isso Simples, Estúpido” Ele utiliza arquivos texto para as configurações do sistema, ao invés do uso de programas de configuração GUI (Graphical User Interface) que muitas outras distribuições Linux utilizam.

Os prinicpais destaques e funcionalidades do Slackware e da filosofia por trás desta distribuição podem ser resumidas as descritas abaixo:

Filosofia da Distribuição

O Slackware é,

  • Uma distribuição que pode ser instalada de forma inteiramente offline, utilizando apenas o conjunto de CD/DVD disponível.
  • Uma distribuição que libera à público novas versões apenas quando se considera uma versão estável, não possuindo uma agenda fixa para lançamentos. Cada lançamento do Slackware Linux se dá através da equipe de desenvolvimento do Slackware junto a comunidade. O Slackware valoriza mais a estabilidade em comparação a “novidades” em relação a software.
  • Uma distribuição onde “simplicidade” é preferível a “conveniência”. A ausência de sistemas de ajuda gráficos (comum em muitas outras distribuições comerciais) para as tarefas de administração do sistema é ponto pacífico.
  • Uma distribuição one a configuração e a administração do sistema através de simples scripts de ajuda via ncurses, ou através da edição direta (utilizando um editor de textos como o vi ou vim) dos arquivos de configuração existentes que são muito bem documentados.
  • Uma distribuição que prefere empacotar software “vanilla”, ou software que não tenha sido modificado pelo desenvolvimento upstream. Pouca ou quase nenhuma implementação de patches é feita para o software considerado upstream e, como resultado, o software que se encontra empacotado no Slackware funciona o mais próximo possível do que os criadores originais desejariam para seus projetos.
  • Uma distribuição que não adiciona camadas de abstração ou complexidade no topo das soluções existentes. Por exemplo, o gerenciamento de pacotes no Slackware é manipulado através de simples scripts agindo sobre pacotes de arquivos no formato tarball (*.tgz, *.txz, *.tbz) e não existe manipulação de dependência para o gerenciamento de pacotes.
  • Uma distribuição que segue a máxima do senso-comum: “se não está quebrado, não conserte”.
  • Uma distribuição onde as decisões mais importantes pelo Ditador Benevolente para Toda a Vida (BDFL - Benevolent Dictator for Life), o atual chefe-mantenedor Patrick Volkerding) e onde o processo de desenvolvimento é mais fechado que em distribuições baseadas no desenvolvimento comunitário. Como resultado, o Slackware é extremamente focado seus pontos fortes, no que se refere a não atender todas as preferências de sua comunidade ou terceiros. Por essa razão, existe muito menos pressão para que a equipe de desenvolvimento do Slackware seja popular, e atenda melhor a maior parte do mercado.

Comunidade

Alguns destaques da comunidade do Slackware Linux pode ser mencionada. Mesmo que (tecnicamente falando) uma distribuição comercial (o mantenedor-chefe do Slackware, Patrick Volkerding, vende o produto no formato CD/DVD para dar suporte financeiro a si mesmo e ao projeto, mesmo que as ISOs continuem disponíveis de froma gratuita para download), o Slakware possui uma comunidade de usuários altamente devota, bastante conectada e entusiástica que se mostra muito amigável e de grande ajuda para com os usuários mais novos. A comunidade Slackware geralmente enfatiza a capacitação do usuário através do aprendizado e entendimento do sistema, ao invés de copiar cegamente as instruções, um comportamento bastante comum em sistemas operacionais proprietários. Como resultado, uma proporção significantemente considerável de usuários Slackware também são desenvolvedores em menor ou maior grau, e são qualificados o suficiente para criar e efetuar debugs em simples programas feitos em shellscript.

A disponibilidade de um grande número de SlackBuilds, ou scripts de construção, para tornar a instalação de software de terceiros no Slackeware, é ponto pacífico. Uma reclamação bastante comum no Slackware está relacionada ao tédio envolvido na instalação de software de terceiros, pela necessidade de (literalmente) caçar dependências em diferentes fontes online, e efetuar download e a compilação do software de forma manual. A questão foi amplamente abordada pela comunidade de desenvolvedores que criaram os scripts SlackBuild para os programas mais comumente utilizados, e que não são parte da distribuição oficial. Um repositório popular e de alta qualidade para os SlackBuilds pode ser encontrado no link http://www.slackbuilds.org.

Fontes

  • Originalmente escrito (do original em Inglês) por V.Harishankar para o Porjeto SlackDocs Wiki

Em outras línguas
Traduções desta página?:
QR Code
QR Code pt-br:slackware:philosophy (generated for current page)